Para as mulheres, a gestação é um momento muito especial e tudo precisa estar tranquilo. Para que a saúde da mulher e do bebê estejam bem, é preciso realizar um acompanhamento médico desde o início da gravidez até após o parto e um plano de saúde para gestante é a melhor opção.

O ideal é que todo o pré-natal seja realizado pelo mesmo médico. Assim, ele conseguirá fazer o acompanhamento durante toda a gestação e acompanhar o desenvolvimento dela. Porém, quando se trata do sistema público de saúde nem sempre isso é possível e, às vezes, para agendar uma consulta demora muito mais tempo do que deveria. Por isso, uma boa alternativa é o plano de saúde para gestante.

Além de ele garantir todo atendimento necessário no tempo correto, ainda se tem a certeza de poder contar com bons profissionais e toda a infraestrutura necessária.

Como funciona o plano de saúde para gestante
Para contratar o plano de saúde a primeira coisa é escolher uma operadora autorizada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), conhecer quais produtos ela oferece (normalmente elas possuem diversos planos) e a área de cobertura.

O plano de saúde para gestante deve ser contratado antes de a mulher engravidar. Isso porque ao aderir ao plano, existem carências que precisam ser cumpridas. Pensando na gestação os procedimentos médicos que precisam ser realizados tem uma carência de 180 dias para exames e 300 dias para parto, por isso a importância de se programar antes.

Em alguns casos, essa carência pode ser reduzida ou isenta, como por exemplo, a critério da operadora ou no caso de portabilidade de operadora desde que sejam atendidas todas as regras necessárias para que isso ocorra. Converse com os nossos corretores, tire suas dúvidas escolha o seu plano e faça a contratação hoje mesmo!

× Como posso te ajudar?